História

Misericórdia de Vila Nova de Gaia

  • 1929 26 de junho - Fundação da Misericórdia de Gaia

    A comissão promotora da Misericórdia de Gaia, liderada por Dr. Miguel Leal da Silva Júnior, contava, à data da fundação, com diversas iniciativas de promoção de uma Misericórdia para o Concelho de Gaia. Esta ação fez-se sentir além-mar, através de uma circular enviada aos portugueses na América a solicitar o apoio para a criação da Instituição. Da primeira Assembleia Geral consta a eleição dos primeiros Corpos Gerentes.
    Carta enviada aos portugueses na América Dr. Miguel Leal da Silva Júnior
    Carta enviada aos portugueses na América a solicitar o apoio para a criação da Instituição
    Dr. Miguel Leal da Silva Júnior
  • 1930 23 de maio - Aquisição da Quinta da Bandeira

    A Assembleia Geral delibera a compra da quinta e prédio onde será instalada a Sede da Misericórdia de Gaia e o primeiro hospital da cidade. Quinta da Bandeira
    Quinta da Bandeira
  • 1931 2 de janeiro - Inauguração dos primeiros serviços prestados pela Misericórdia

    Farmácia, consulta externa de clínica geral e especialidades.
    Farmácia da Misericórdia
    Farmácia da Misericórdia
  • 1933 10 outubro - Irmãs Franciscanas Hospitaleiras da Imaculada Conceição

    A Congregação das religiosas inicia a sua atividade no Asilo Salvador Brandão, oito dias antes da sua abertura.
    Por 50 anos as Irmãs Franciscanas Hospitaleiras serviram a Misericórdia nos diversos equipamentos (Asilos, Hospital-Sede, Hospital Comendador Manoel Moreira de Barros, Creche e Jardim de Infância), assumindo, em grande parte, a imagem de uma Instituição dedicada a minorar as carências de todos os que a procuravam.
    Irmãs Franciscanas na mata Salvador Brandão
    Irmãs Franciscanas na mata Salvador Brandão
  • 1933 18 de outubro - Abertura do lar Salvador Brandão

    Por benemerência do cidadão Gaiense Salvador Ferreira Brandão, a Misericórdia herda, à sua morte, toda a fortuna com obrigação de instalar na Quinta da Chamorra um lar de idosos.
    Lar de idosos Salvador Brandão Inauguração do Asilo Salvador Brandão
    Lar de idosos Salvador Brandão
    Inauguração do Asilo Salvador Brandão
  • 1935 25 de abril - Inauguração de serviços no hospital

    Inauguração no hospital (edifício-sede) de duas enfermarias, masculina e feminina, com dez camas cada.
    Nova enfermaria do hospital Enfermaria - Mulheres
    Nova enfermaria do hospital
    Enfermaria - Mulheres
  • 1937 16 de julho ou junho - A Misericórdia toma posse do Asylo, Creche e Hospital D. Emília de Jesus Costa e António Almeida da Costa

    Por benemerência do empresário e filantropo António Almeida da Costa, falecido em 1915, que confere poderes de disposição do seu legado à Comissão administrativa do Asylo, Creche e Hospital D. Emília de Jesus Costa e António Almeida da Costa, é entregue à Misericórdia de Gaia o governo e património afeto a esta Instituição, também ela uma referência no serviço e solidariedade social em Gaia.
    D. Emília de Jesus Costa
    D. Emília de Jesus Costa
  • 1966 23 de junho - Inauguração do novo hospital

    Nasce, da ideia promovida por Manoel Moreira de Barros, Provedor em 1954, o novo hospital com a categoria de Hospital Sub-regional e com capacidade para 150 camas. A ideia deste hospital foi amplamente promovida no concelho e resultou num fenómeno de grande mobilização da comunidade para angariação de apoio financeiro. Até então, desde 1940, a Misericórdia já tinha perdido as duas enfermarias, devido a dificuldades financeiras, pelo que era importante dotar a cidade de uma melhor resposta no domínio da saúde.
    Cortejo para angariação de apoio financeiro Hospital Comendador Manoel Moreira de Barros
    Cortejo para angariação de apoio financeiro
    Hospital Comendador Manoel Moreira de Barros
  • 1971 28 de maio - Inauguração do lar José Tavares Bastos

    O último grande legado ocorreu em 1965, por testamento feito à Misericórdia por D. Celina Magalhães Tavares Bastos de Almeida Castelo Branco. Na Quinta do Vale, na Madalena, residência da benemérita, foi instalado o Lar José Tavares Bastos, de acordo com resposta social indicada pela própria em testamento e em homenagem ao seu pai.
  • 1971 27 de setembro - Serviço de assistência à família

    Pelo Decreto-Lei n.º 413/71, de 27 de setembro, é extinta a Comissão Municipal da Assistência, passando o serviço de Assistência à Família para a Misericórdia de Gaia.
  • 1974 7 de setembro - O hospital Comendador Manoel Moreira de Barros é nacionalizado pelo Estado (Decreto-Lei 704/74, de 7/09 de 1974)

  • 1975 14 de fevereiro - A Mesa Administrativa assina a escritura de doação da propriedade “a Portela” onde seria construída a Aldeia de Crianças SOS

    Este terreno fazia parte do património legado por D. Isabel Mullier de Mesquita à Comissão Paroquial de Assistência de Valadares. Em 1971, por ação do Decreto-Lei n.º 413/71 de 27 de setembro, essa propriedade veio à posse da Misericórdia, que por consideração à memória da benemérita, dispôs o terreno para a obra social.
    Bênção da 1.ª pedra da Aldeia de Crianças SOS. O Provedor Professor Pires Veloso é o primeiro a contar da direita.
    Bênção da 1.ª pedra da Aldeia de Crianças SOS. O Provedor Professor Pires Veloso é o primeiro a contar da direita.
  • 1975

    Após 1975, fruto do afastamento da atividade hospitalar, a Misericórdia de Gaia dedica-se de forma intensa ao apoio à infância e à terceira idade através do esforço permanente na remodelação, ampliação e construção de novas instalações sociais e aquisição de novos equipamentos e viaturas.
  • 1984 15 de junho - Fim da atividade das Irmãs Franciscanas Hospitaleiras da Imaculada Conceição

    A Congregação sai do Lar Salvador Brandão terminando assim a intensa atividade que desenvolveu na Misericórdia de Gaia.
  • 1989 18 de novembro - Inauguração das instalações remodeladas do Lar José Tavares Bastos

    Capela do Equipamento Social Tavares Bastos
    Capela do Equipamento Social Tavares Bastos
  • 1991 6 de julho - Inauguração do Pavilhão Gimnodesportivo Joaquim Oliveira Lopes

    Pavilhão Gimnodesportivo Joaquim Oliveira Lopes
    Pavilhão Gimnodesportivo Joaquim Oliveira Lopes
  • 1992 4 de julho - Inauguração do Lar Residencial Conde Das Devezas

    Homenagem ao primeiro Provedor desta Misericórdia e Benemérito Alfredo Pereira Pinto de Castro e Lemos, Conde das Devezas, fazendo justiça ao ato de doação perpetuado pelas gerações da família por quem a Quinta das Devezas, ou Quinta do Estado, estava dividida. Em 1971 a Misericórdia era a legítima herdeira de todas as parcelas do terreno, cujo potencial lhe é reconhecido através de diversos estudos com vista a um melhor aproveitamento. Atualmente parte da área foi expropriada para o domínio público.
    Construção do Lar Residencial Conde Das Devezas
    Construção do Lar Residencial Conde Das Devezas
  • 1997 18 de outubro - Inauguração das novas instalações do lar Salvador Brandão

    As obras de remodelação tiveram a duração de 5 anos, aumentando assim a capacidade e qualidade de resposta através da melhoria das infraestruturas para à área da saúde.
  • 1998 28 de novembro - Apresentação pública da Clínica Fisiátrica do Lar Salvador Brandão

  • 1999 Início da atividade da Academia Sénior, provisoriamente nas instalações dos Bombeiros Voluntários de Coimbrões

  • 1999 8 de abril - Inauguração oficial do Centro de Acolhimento de Crianças

  • 2001 22 de novembro - Inauguração da novas instalações da Creche e Jardim de Infância e ATL D. Emília de Jesus Costa

  • 2003 Instalações modernas da Farmácia da Misericórdia

    Fica concluído o processo de deslocalização da Farmácia e Departamento de Intervenção Comunitária, do edifício-sede da Misericórdia para o empreendimento Quinta do Monte Grande, em Vilar de Andorinho.
  • 2013 3 de setembro - Inauguração do Arquivo e Centro de Documentação da Misericórdia de Gaia.

    Esta obra foi possível graças à benemerência de D. Maria Eduarda Figueiras Pinto Ribeiro que doou o edifício e verba para a construção do Arquivo. A data da inauguração coincidiu com o aniversário da benemérita.

Provedores da Misericórdia de Vila Nova de Gaia

  • Alfredo Pereira Pinto de Castro e Lemos (Conde das Devezas)
    Alfredo Pereira Pinto de Castro e Lemos (Conde das Devezas)
    01/07/1929 - 31/12/1936
  • Manoel Cardôzo Martins
    Manoel Cardôzo Martins
    02/01/1937 - 29/09/1952
  • Bazílio Sampaio Ferreira de Macedo, Dr.
    Bazílio Sampaio Ferreira de Macedo, Dr.
    30/09/1952 - 31/12/1954
  • Manoel Moreira de Barros (Comendador)
    Manoel Moreira de Barros (Comendador)
    28/01/1955 - 25/07/1974
  • João Reinaldo Luís Pacheco
    João Reinaldo Luís Pacheco
    26/07/1974 - 10/02/1976
  • Manuel Pires Veloso, Prof.
    Manuel Pires Veloso, Prof.
    11/02/1976 - 31/12/1981
  • Amândio Pereira de Matos
    Amândio Pereira de Matos
    06/01/1982 - 31/12/1987
  • António José Rebôlho Lapa, Dr.
    António José Rebôlho Lapa, Dr.
    04/01/1988 - 31/12/1990
  • Rui Pinto Aguiar
    Rui Pinto Aguiar
    03/01/1991 - 31/12/1993
  • Francisco António Marques da Silva
    Francisco António Marques da Silva
    03/01/1994 - 31/12/1996
  • Joaquim de Lima Moreira Vaz
    Joaquim de Lima Moreira Vaz
    03/01/1997 - 31/12/1999 | 03/01/2009 - 12/12/2014
  • Bernardino de Andrade Maia
    Bernardino de Andrade Maia
    07/01/2000 - 31/12/2002
  • Valdemar Teixeira de Castro Chaves, Dr.
    Valdemar Teixeira de Castro Chaves, Dr.
    04/01/2003 - 31/12/2005
  • José Tavares Pinto Brandão, Dr.
    José Tavares Pinto Brandão, Dr.
    07/01/2006 - 31/12/2008
  • Artur de Almeida Leite
    Artur de Almeida Leite
    12/12/2014